um homem estranho na minha casa, se comportando de um jeito desagradável – 759

759 – “Lembrei de um episódio de anos atrás agora… Veio um homem fazer aqueles questionários do censo IBGE ou qualquer coisa do gênero. Entrou na minha casa, tava explicando pra minha mãe como responder o censo e essas coisas. Eu tinha o cabelo loiro muito claro, chamava muita atenção, e estava toda maquiada pra sair. Quando chego na sala, ele me olha com aquela cara de tarado nojento e fica falando pra minha mãe que Barbie linda que ela tem em casa e essas idiotices. A qualquer momento que eu passava entre o quarto e o banheiro, pq eu estava me arrumando, ele me via pelo corredor tinha que fazer algum comentário sobre o quão “linda” eu era. Lembro muito bem que fiquei muito nervosa com isso na época, pq era um homem estranho na minha casa, se comportando de um jeito desagradável e eu morava sozinha com a minha mãe.   Eu não me senti lisonjeada com os “elogios” dele, eu me senti ameaçada!!!  Na época me convenci de que era só paranóia da minha cabeça e que não era nada que devesse me incomodar. Hoje me arrependo de não ter reclamado, feito algum tipo de denúncia, sei lá o que eu poderia ter feito…”