Um motoqueiro começou a dizer “VEM AQUI ME CHUPAR” – 1001

1001 – Olá, há um ano atrás vivi algo que me constrange até hoje, talvez nunca falei sobre.

Moro sozinho em uma cidade universitária no PR e minha irmã caçula veio me visitar. Ela passou mal durante a madrugada e levei ela ao pronto atendimento, e até então corria tudo bem. Acabamos passando quase a madrugada toda lá, então às 5:30 a.m saímos a pé porque o terminal ficava a duas quadras de onde moro.

Um motoqueiro passou por nós, deu a volta na praça, parou sua moto e começou a dizer “VEM AQUI ME CHUPAR”.

Minha vontade era meter umas porradas nele, mas eu estava com a minha irmã mais nova, não sabia o que ele poderia fazer ali, estávamos sozinha na rua. Me senti como uma inútil, me senti suja e segui chorando; me senti indefesa como se a qualquer momento eu estivesse vulnerável.

Jamais em outro momento, tive um constrangimento desses.