um sujeito de carro ficou me chamando – 1141

1141 – Eu tinha 13 anos, era fim de tarde e eu estava voltando do clube aonde fazia exercícios. Eu costumava sempre voltar com minha mãe, mas naquele dia ela não pode me acompanhar e, como ficava a duas quadras de casa, não vi problemas em voltar sozinha…  No meio do caminho um cara passou com o carro devagar e ficou acompanhando e me chamando. Eu achei que ele deveria estar me confundindo com prostituta para me chamar daquele jeito, senti muito medo. Falei pra ele que não queria nada mas ele continuou me perseguindo. Aí entrei, desesperada, em uma loja, expliquei o que estava sentindo e eles me acolheram; mas o cara de pau do homem ainda teve a audácia de parar o carro na frente da loja e me chamar. Eu estava chorando e ligando para a minha mãe, foi traumatizante.