uma viatura, com sirene ligada e tudo, e os caras gritando “gostosas!” – 761

761 – “Esse foi um caso totalmente absurdo, que eu nunca achei que ia me acontecer. Eu estudava inglês numa escola em frente a uma delegacia, e na hora do intervalo costumávamos a ir numa lojinha comprar lanche, um quarteirão na frente. Voltando com a minha amiga de lá para o inglês, passa por nós uma viatura, com sirene ligada e tudo, e os caras gritando “gostosas!”, fazendo a maior farra e barbeiragem no transito. Eu fiquei indignada, até pensei que só poderia ser uma viatura roubada, nem sei. Para a minha surpresa, quando chego no inglês, vejo o mesmo carro entrando no pátio das viaturas quietinho, vidros fechados, sirene desligada. Achei simplesmente um desrespeito. Na época eu tinha 12 anos, eu contei para os meus pais e a resposta foi “nenhum policial faz isso, filha”. É de uma falta de profissionalismo total uma coisa dessas. Fico me perguntando pra onde a gente tem que correr numa emergência, se nem pelos policiais eu tenho a garantia de ser tratada com respeito!”