“Vocês são um bando de cuzonas e eu nem estava muito a fim de vocês!” – 851

851 – “Há uns três anos fui a uma balada com mais três amigas. No meio da noite, um grupo de três meninos vieram falar com a gente. Duas das minhas amigas acabaram se interessando por dois meninos do grupo e ficaram com eles. Ficou eu, mais uma amiga e um dos meninos.
Como o menino estava sobrando e parecia ser legal, ficamos conversando com ele pra ele não ficar sozinho, até que ele começou a revezar entre dar em cima de mim e da minha amiga e começou a ficar muito chato e insistente, já que nós deixamos bem claro que nenhuma de nós tinha interesse em ficar com ele.
Por fim demos uma desculpa qualquer quando os dois casais voltaram e eu e minha amiga fomos sentar nas mesinhas e conversar.
Na época minha amiga estava passando por um problema bem chato e como eu conhecia toda a situação e as pessoas envolvidas no problema eu estava revoltada por ela, e enquanto discutiamos sobre o problema, acabamos no exaltando um pouco, principalmente porque a música estava muito alto, e se a gente não falasse alto, não daria pra ouvir direito.
Qualquer pessoa com o mínimo de noção teria percebido que estávamos com raiva de alguma coisa, e não que estávamos brigando e discutindo entre nós. Mas como assediadores no geral são tapados e burros, é lógico que ele não percebeu (ou deu uma de sonso e fingiu não perceber). Ele simplesmente chegou, sentou, cortou o desafabo da minha amiga que estava precisando de mim naquele momento e falou “Calma meninas, não briguem”. Eu respondi “Tá loco, quem que tá brigando aqui?”, ele insistiu que a presença dele era necessária, continuou querendo ficar com uma de nós duas, com direito a vir tentar nos abraçar e tudo; explicamos, com mais calma do que deveríamos, que aquilo era um assunto partcular e que precisávamos conversar a sós.
Conclusão, o menino passou o resto da noite enchendo nosso saco e nos irritando, mesmo deixando claro que não queríamos a presença dele, e mesmo mudando de lugar algumas vezes.
Na hora de ir embora ele meio que veio com aquele discurso típico de “Vocês são um bando de cuzonas e eu nem estava muito a fim de vocês!” Na boa, qual o problema dessa gente???”